Após o anúncio do despedimento de 48 profissionaios do jornal Público, os trabalhadores do jornal, reunidos em plenário, convocaram uma greve para dia 19 de outubro.

A greve foi decidida numa moção apresentada pela comissão de trabalhadores e pelo conselho de redação e é convocada pelo Sindicato dos Jornalistas e a Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Elétricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas abrangendo todos os trabalhadores.