O Brasil vai investir 26,8 milhões de euros para promover internacionalmente a literatura brasileira até 2020.

O Ministério da Cultura do Brasil vai aplicar a verba de várias formas, nomeadamente através de programas de tradução, reedição de obras esgotadas, homenagens internacionais a autores e divulgação de novos escritores através de eventos variados.

Este investimento passa também pela participação em eventos literários fora do Brasil de forma a promover os seus autores e respetivas obras, tais como a integração na Feira do Livro de Frankfurt, a mais importante do mundo literário, a acontecer já em 2013.

Nos últimos 14 meses foram aprovadas 141 ajudas a editoras estrangeiras que possibilitem o financiamento da tradução de autores brasileiros, bem como se iniciou um programa pelo qual os editores estrangeiros podem receber apoio económico para levar escritores brasileiros a sessões de autógrafos, conversas ou entrevistas para divulgar as suas obras.