Segundo uma ata a que a Agência Lusa teve acesso, os salários dos trabalhadores do semanário Sol vão reduzir entre 7,5 e 25 por cento já em outubro.

A redução salarial partirá de um acordo com os trabalhadores em que, mediante uma redução de horário diário, o trabalhador aceita a redução da sua remuneração por um período de dois anos.

Contudo, no documento resultante da reunião do Conselho de Redação, é referido que “haverá um esforço para que os cortes salariais não venham ser agravados pelas medidas de austeridade que o Governo está a preparar”.

Na ata afirma-se ainda que a administração “aceitou estudar uma tabela de cortes mais progressiva” inspirando-se no corte salarial da Função Pública em 2011.

Já no começo deste mês, o mesmo jornal havia dispensado 12 profissionais, cinco dos quais pertencentes aos quadros da empresa.