É já na próxima segunda-feira, dia 1 de outubro, que se celebra o Dia Mundial da Música e arranca a primeira edição do Música a Metro. Trata-se do primeiro festival português “subterrâneo” e contará com a presença de vários artistas nacionais em quatro das principais estações do Metro lisboeta: Cais do Sodré, Marquês de Pombal, Campo Grande e Aeroporto.

Entre os dias 1 e 27 de outubro, serão cerca de 40 os concertos aos quais os utilizadores do Metropolitano poderão assistir, contando com bandas como We Trust, Youthless, Long Way to Alaska, ou até o projeto A música portuguesa a gostar dela própria.

Para além dos concertos, existirão também alguns showcases móveis, que ocorrerão dentro das carruagens do metropolitano – pelo que, ainda que este seja um festival gratuito, será necessária a aquisição de um bilhete de metro para assistir e participar nestes “concertos ambulantes”.

Os vários concertos decorrerão de quarta a sábado nos dias e estações assinaladas, entre as 17 horas e as 20h30. A abertura do festival decorre na estação do Cais do Sodré com um alinhamento “reforçado”, do qual fazem parte António Zambujo, JP Simões, Manuel João Vieira e Filho da Mãe.

Este é um festival sem fins lucrativos nem patrocinadores que visa “brindar” os vários milhares de utilizadores do Metropolitano de Lisboa com alguns dos maiores nomes da música nacional.

Cartaz completo: