“Passou mais um dia e a RTP custou mais um milhão de euros”. As palavras são do jornalista Mário Crespo, atual pivô do Jornal das 9 na SIC Notícias, e estão a gerar polémica e indignação no seio dos trabalhadores da RTP, de tal modo que estes decidiram apresentar queixa no Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas e na Comissão da Carteira Profissional de Jornalista.

Carlos Daniel, António Esteves e Hélder Silva espelharam no Facebook a sua revolta contra o pivô da SIC Notícias. “O Mário Crespo não conhece a ética, porque mente todos os dias”, “usa um canal de televisão para alimentar os seus ódios pessoais. Inacreditável”, foram algumas das afirmações.

Os trabalhadores da RTP terão ainda apresentado queixa contra a SIC por fornecer a Mário Crespo “tribuna para uma campanha de difamação” e contra o primeiro-ministro, por “fazer eco dessa campanha”.

Nuno Santos, diretor de informação da RTP, também critica a atitude de Mário Crespo, apelando para a seguinte questão: “O Mário Crespo diz a verdade ou mente?”. A atitude do pivô está também a desagradar alguns profissionais da SIC. “Há um grupo de jornalistas que já pediu uma reunião com o Conselho de Redação, enquanto outros jornalistas estão a exigir uma tomada de posição por parte deste órgão”, refere fonte da estação de Carnaxide.