O convidado mais aguardado do festival MOTELx foi o realizador italiano Dario Argento. Os melhores filmes de culto do grande mestre do terror foram exibidos nesta edição e tiveram boa adesão por parte do público, que reconhece o seu talento por detrás das câmaras.

Deep Red, Suspíria, Inferno, Demons e Mother of Tears foram as cinco longas-metragens de Dario Argento, eleitas para integrar a secção Clube dos Mestres Vivos, especialmente dedicada a este grande realizador.

Dario Argento nasceu em Roma no seio de uma família com veia artística. O seu pai conseguiu promover o cinema italiano além fronteiras, através da sua posição de relações públicas na Unitalia, entidade governamental produtora de cinema, ao passo que a sua mãe, brasileira de origem, trabalhava como fotógrafa de moda. Apesar de ter iniciado os primeiros passos no mundo do trabalho como jornalista, depressa descobriu a sua vocação na área da realização, quando ajudou Bernardo Bertolucci no guião do filme clássico Era uma vez no Oeste, de Sergio Leone.

Dario estreou-se no cinema com o thriller L’uccello dalle Piume di Cristallo. A violência gráfica e os elementos de suspense levaram a crítica a apelidá-lo de Hitchcock italiano. Seguiram-se várias obras como Profondo Rosso, cuja banda sonora de rock progressivo Goblin tornou-se num toque artístico e na imagem de marca do realizador em filmes posteriores.

A obra Suspiria elevou Dario ao estatuto de autor de culto, tornando-o uma referência no cinema de terror por todo o mundo. A sua estética e movimentos de câmara influenciaram especialmente o cinema americano. O progresso da sua imagética é bem salientado nas longas-metragens seguintes, como em Inferno, que também mereceu destaque na programação do MOTELx.

O realizador tem a particularidade de incluir nas suas longas-metragens elementos da sua família, como o seu irmão Claudio, que foi produtor e colaborador em muitos trabalhos, a sua mulher, protagonista em alguns filmes e a partir da década de 90 a sua filha Asia tornou-se mais um membro da sua vasta equipa.

Argento também se aventurou em vários projetos, financiando o filme de zombies Dawn of the Dead de George Romero, produziu filmes de Lamberto Bava, Michelle Soavi e o especialista em efeitos especiais Sergio Stivaletti.

Com um estilo inconfundível, este génio do terror esteve em Portugal na exibição dos seus filmes e no último dia do festival MOTELx, em que realizou uma masterclass para todos os amantes deste género cinematográfico.