Aclamado universalmente pela crítica e galardoado com alguns dos mais importantes prémios do cinema mundial, Sangue do meu Sangue surge como candidato a uma nomeação para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro na próxima cerimónia dos prémios da Academia.

O filme de João Canijo, protagonizado por Rita Blanco, Anabela Moreira, Cleia Almeida e Rafael Morais, foi o escolhido pela Academia Portuguesa de Cinema para uma possível nomeação ao Óscar. O júri era composto por nomes de relevo do panorama cinematográfico nacional: o produtor Paulo Trancoso, os atores Vírgilio Castelo e Susana Borges, os realizadores José Carlos Oliveira e Luís Galvão Teles e o crítico Lauro António.

Sangue do meu Sangue foi o filme português mais visto do ano de 2011. Para além de um apreciável sucesso comercial, o filme recebeu aclamação universal por parte da crítica e inúmeros prémios cinematográficos. Desde a sua estreia em outubro do ano passado, a longa-metragem marcou presença em festivais de todo o mundo, de Barcelona, passando por Miami, Toronto, Rio de Janeiro e Munique. Foi galardoada com o Prémio da Crítica Internacional do Festival de San Sebastian e o Prémio TVE Otra Mirada, e, em território nacional, foi consagrada nos Globos de Ouro, nos Prémios SPA e no Faial Filmes Fest – Festival de Cinema dos Açores.

É de assinalar que este é o primeiro ano que a escolha de um filme português para a candidatura ao Óscar é feita pela Academia Portuguesa de Cinema, tarefa que antes era incumbida ao Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

Dia 15 de janeiro serão revelados os nomeados aos Óscares de 2013, numa cerimónia no Samuel Goldwyn Theater. A entrega dos mesmos está marcada para o dia 24 de fevereiro.