A Porto Editora (PE) apresentou hoje os 50 novos títulos que tenciona publicar até ao final do ano.

Em setembro serão publicados, entre outros, Contos Naturais do mexicano Carlos Fuentes, O Anjo Esmeralda, de Don DeLillo, Um Blues Mestiço, de Esi Edugyam e Um dia na vida de Ivan Deníssovitch, de Aleksandr Soljenítsin, que recebeu o Nobel da Literatua em 1970. Também no próximo mês a Porto Editora vai lançar O Concerto Interior, de António Osório, Estação Centra e Poemário 2013, de José Tolentino Mendonça, e Teoria da Heterodoxia, de Fernando Pessoa. Outra novidade é o livro As luzes nas casas dos outros, de Chiara Gamberale.

Em outubro a PE vai publicar um novo livro da escritora italiana Sveva Casati Modignani, intitulado Um dia naquele Inverno, José e Axilas e outras histórias indecorosas, do brasileiro Ruben Fonseca. Na esfera política, José Pedro Castanheira lança o livro Jorge Sampaio – Uma biografia. A PE assinalou o regresso de Mário de Carvalho à ficção com o livro O Vandarim seguido de Ocaso em Carvangel. Além disso o livro Rumor Branco, de Almeida Faria consta também na lista da editora portuguesa. O amante de Crato, de Maria Velho da Costa é uma reedição que a Porto Editora vai publicar, desta vez com ilustrações da pintora Ilda David e, ainda, O pássaro da cabeça, de Manuel António Pina, que fora publicado pela primeira vez em 1983.

Em novembro a editora vai publicar, entre outros, o título Diários, de Al Berto e uma parte da reedição da obra completa de Eugénio Andrade, Primeiros Poemas/ As mãos e os frutos/ Os amantes sem dinheiro e, noutro volume, As palavras interditas/ Até amanhã.

Outro título será A Filha do Papa, de Luís Miguel Rocha, que deverá ser lançado em novembro. Em dezembro a editora não vai publicar nenhum título.