Em dia de protesto dos telespectadores contra a extinção da RTP2, o segundo canal registou mais 1% de share do que no dia anterior, atingindo os 5,4%. Uma subida pouco significativa para os protestantes, que apelavam à visualização do canal durante as 24 horas desta quarta-feira, dia 29, e pretendiam tornar a 2 líder de audiências.

Segundo dados divulgados tanto pela GFK como pela Marktest, a RTP2 contabilizou então 5,4% de share, face à vitória dos canais por Cabo. Seguem-se a TVI com 20,6%, a SIC com 19,6% e a RTP1 com 14,8%, de acordo com os números da GFK.

O Mentalista, emitido ao início da tarde, foi o programa mais visto do dia na RTP2, alcançando o episódio com maior audiência 2,5% de rating e 11,5% de share. Também a abertura oficial dos Jogos Paralímpicos de Londres 2012 marcou a grelha da 2, registando 4,6% de share e o minuto mais visto do dia, cerca das 23h37, com 3,1 pontos de rating e 9,2% de share.

Quase 14 mil pessoas disseram “sim” ao movimento Dia 29 de agosto só vemos a RTP 2, com o objectivo de “fazer as maiores audiências da história do canal – se isso acontecer será notícia em todo o lado“, como se pode ler na página do evento no Facebook. Não foram as maiores audiências, mas continua a apelar-se à sintonização na 2 até dezembro deste ano.

Entretanto, os movimentos de protesto contra o fim do canal multiplicam-se, após o anúncio da sua provável extinção e da concessão do primeiro canal a uma empresa privada. Em defesa do serviço público e da cultura, mais de 20 mil pessoas “gostam” já da página Contra o fim da RTP2, existindo até um Protesto contra esta proposta do governo apresentada por António Borges.