A nave Curiosity, que aterrou em Marte no passado dia 5 de agosto ao fim de uma viagem de 567 milhões de quilómetros, conseguiu reproduzir a primeira mensagem de voz humana. Para além do administrador da NASA, também Will.i.am já viu a sua voz transmitida no espaço, através uma música escrita para o efeito.

watch?v=rVfC7PGSTS8

A NASA disponibilizou um vídeo gravado no momento em que os colaboradores do centro de controlo da nave ouvem a mensagem de Charles Bolden, administrador da NASA. A transmissão foi assegurada através do sistema Deep Space Network.

“Com esta mensagem de voz foi dado outro pequeno passo para alargar a presença humana além da Terra, com a experiência de explorar mundos remotos a ficar um pouco mais perto de todos nós” referiu Dave Lavery, um executivo do programa Curiosity, citado num comunicado da NASA.

“À medida que a Curiosity continua a sua missão, esperamos que estas palavras sirvam de inspiração para alguém hoje, e que se torne na primeira pessoa a estar na superfície de Marte. E tal como o grande Neil Amstrong, falará em voz alta sobre o tal novo passo de gigante na exploração humana” – concluiu.

Além da transmissão da mensagem de voz, a nave Curiosity enviou imagens em alta-resolução das colinas acidentadas do Mounte Sharp, já assumidas pelos cientistas como sendo valiosas para o estudo do planeta Vermelho e compreensão da sua história geológica.

Colinas acidentadas do Mounte Sharp

"Área do Monte Sharp onde a Curiosity irá" - A afirmação partiu de Michael Malin, investigador principal do Malin Space Science Systems de San Diego, EUA, citado pelo comunicado da NASA.

"Local geologicamente muito rico"

Outra notícia foi avançada pelo jornal Público esta manhã: após a transmissão da mensagem de Charles Bolden ontem, agora foi a vez da transmissão espacial da música Reach for the Stars, que o rapper norte-americano Will.i.am escreveu para assinalar o êxito da nave Curiosity.

watch?v=6WZGxg0oPKc&feature=player_embedded

“O objectivo é inspirar os jovens a levar uma vida sem limitar o seu potencial e perseguindo a colaboração entre as artes e a tecnologia”, afirmou Will.i.am em comunicado.

Em Reach for the Stars, o rapper procura não só estimular os mais jovens para a ciência, mas também prestar uma homenagem a Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar a Lua e que morreu este sábado, como lembrou Charles Bolden.

No entanto, esta não foi a primeira vez que a NASA e a música se cruzam no espaço. Em Novembro de 2005, Paul McCartney interpretou a canção Good Day Sunshine durante um concerto que foi retransmitido na Estação Espacial Internacional.

watch?v=rFxXoHkIwMk

E, em 2008, a NASA transmitiu no espaço a música Across the Universe, dos Beatles.

watch?v=pZ1z-EZcz6c

A Curiosity encontra-se na superfície de Marte há cerca de três semanas, na sequência de uma missão que deverá durar dois anos. O objectivo é procurar provas da existência de vida no planeta.