Captura de ecrã - 2012-08-25, 18

Bobines da Cinemateca: setembro

A Cinemateca Portuguesa volta a abrir as portas, neste mês de setembro, com muitas surpresas na programação, depois de um mês de pausa. Entre os ciclos habituais e uma colaboração com o Curtas Vila do Conde, destaca-se ainda, entre outras pérolas na programação deste mês, um ciclo dedicado à diva Marilyn Monroe. A rubrica Bobines da Cinemateca mostra-te tudo o que poderás ver na Rua Barata Salgueiro.

O primeiro dia de setembro conta com apenas uma exibição, sendo considerada uma Sessão Especial. Com acompanhamento ao piano do compositor e chefe da orquestra residente da cinemateca canadiana, Gabriel Thibaudeau, será exibido o filme mudo americano A Grande Parada, de King Vidor, uma história de amor e guerra que foi um sucesso de bilheteira em 1925.

Um dos ciclos especiais deste mês é dedicado a Marilyn, 50 anos após a sua morte. Ao longo de 11 filmes, é revelada a estrela e as suas colaborações com grandes cineastas da época, como Billy Wilder, Otto Preminger ou Laurence Olivier. Eva, O Pecado Mora ao Lado, Quanto Mais Quente Melhor e Os Homens preferem as Loiras são alguns dos escolhidos. O primeiro será ainda exibido no âmbito do ciclo In Memoriam, onde serão homenageados Celeste Holm, Ernest Borgnine, Isuzu Yamada, Chris Marker e Gore Vidal, cinco figuras desaparecidas nos últimos meses. Bruscamente no Verão Passado e Nova Iorque 1997 são outros dos filmes exibidos neste ciclo.

'Deus e o Diabo na Terra do Sol', de Glauber Rocha

Em colaboração com Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, bem como com a Cinemateca Brasileira, a Cinemateca apresenta um ciclo dedicado ao cineasta brasileiro Glauber Rocha, desaparecido em 1981. Deus e o Diabo na Terra do Sol, Câncer, Terra em Transe e História do Brasil são alguns dos onze filmes do realizador que passarão pela Cinemateca. Também Tabucchi tinha uma relação muito especial com Portugal, pelo que o ciclo “Viagens e Outras Viagens” ao Universo de Antonio Tabucchi se justifica. O ciclo mostra um conjunto de filmes adaptados a partir da sua obra literária, como O Fio do Horizonte e Requiem, e cada sessão é apresentada por um conhecedor deste seu “universo”.

O Curtas Vila do Conde na sua Vigésima Edição é outro ciclo de setembro, prestando homenagem ao festival de curtas-metragens ao longo de dois programas: o primeiro com quatro filmes portugueses premiados ao longo das diversas edições e o segundo com filmes produzidos por iniciativa do próprio festival. Já O Cinema como Jogo de Espelhos é a homenagem a Stephen Dwoskin, através de Video Letters e Trying to Kiss the Moon.

Nos ciclos habituais, Matinés da Cinemateca traz-nos, este mês, clássicos como Dívida de Sangue, Um Verão de Amor, Laura ou A Verdade Escondida. Bergman, Allen, Preminger, Renoir, Scola, Eastwood e Burton são alguns dos realizadores com filmes em exibição, com vinte sessões no ciclo. Quanto a O Primeiro Século de Cinema, aos sábados, voltaremos a ver Capra, Cocteau, Warhol, Welles e Walsh, entre outros, em filmes como As Badaladas da Meia-Noite, Face, Hotel New Hampshire ou Prelude to War.

'Dívida de Sangue', de Clint Eastwood

Na secção O Que Quero Ver, este mês, a Cinemateca oferece sete escolhas do público, entre as quais Fellini 8 1/2 e A Insustentável Leveza do Ser. Já no ciclo Abrir os Cofres poderemos ver duas sessões de filmes de João César Monteiro, apresentadas por Paulo Filipe Monteiro: A Mãe e A Comédia de Deus. Três sessões de filmes portugueses estreantes serão também mostradas em Ante-Estreias, incluindo uma série de curtas-metragens.

A fechar a programação de Setembro, o ciclo Não o Levarás Contigo  – Economia e Cinema apresenta O Homem do Fato Branco, no dia 19, enquanto o ciclo Histórias do Cinema, pela mão de João Mário Grilo, nos traz a relação entre Cinema, Paisagem e Realidade – de John Ford a Rossellini, seis filmes compõem este último ciclo. Por seu lado, na Cinemateca Júnior, serão exibidos 101 Dálmatas, A Roda da Fortuna e Charlot na Rua da Paz, entre outros, neste novo mês. Aqui pode ser consultada a programação completa.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Eurovisão
Eurovisão 2021 gerou 48 casos de Covid-19 em 30 mil espectadores