Um movimento online, no Facebook, apela a que no dia 29 de agosto só se veja a RTP2. O apelo, lançado em forma de evento, convoca os participantes a, na próxima quarta-feira, deixarem os televisores ligados no segundo canal da estação pública e tornarem-na líder de audiências. 

A iniciativa ambiciona, desta forma, mostrar que são muitos os telespectadores que estão indignados com o fecho do canal «mais cultural» da emissora estatal. O grupo ‘Queremos mais canais na Televisão Digital Terrestre portuguesa‘ é quem promove a iniciativa, que já conta com cerca de nove mil convidados.

Para aderir basta aceder a este link. O movimento de contestação às alterações no serviço público televisivo tem sido intenso nos últimos dias, depois de António Borges, consultor do governo para as privatizações ter vindo anunciar que a RTP2 fecharia e todos os outros canais seriam concessionados.