A atriz premiada e conhecida pelos papéis em Moulin Rouge!, The Hours ou The Others vai encarnar, num papel biográfico, a diva e princesa do Mónaco Grace Kelly no filme Grace Of Monaco.

O filme é do francês Olivier Dahan, diretor do filme biográfico de Edith PiafLa Vie En Rose-, de 2007. A biografia cinematográfica retoma o ano de 1962, mais precisamente na altura que Charles de Gaulle dá ao Mónaco apenas 6 meses para que fossem reformuladas as leis, evitando que o país se tornasse num paraíso fiscal.

Importante é contar que Grace se casou com o príncipe do Mónaco Rainier III em abril de 1956 e do casamento nasceram 3 filhos. Enlace real que resultou na saída desta diva “da cena Hollywoodesca”. A saída efetiva foi com High Society de Charles Walters, em 1956, mas os filmes mais marcantes que fez foram, sem dúvida, para o cineasta Alfred Hitchcock (interpretado por Roger Ashton-Griffiths). Desses títulos há que destacar Dial M For Murder, Rear Window e To Catch a Thief.

O príncipe Rainier III será interpretado pelo ator Tim Roth, que terá a tarefa de retratar esta difícil fase da vida real no Mónaco. O muitíssimo badalado magnata grego Onassis entra também nesta trama, pois era nesta época o assessor do príncipe. A atriz Paz Vega será a cantora de ópera Maria Callas, com quem Onassis manteve um romance duradouro, apesar de serem ambos casados.

Nicole Kidman, vencedora do Óscar de melhor atriz em papel principal pelo brilhante desempenho no filme The Hours (2003) em que encarnou a escritora Virginia Woolf,  é agora desafiada a ser Grace Kelly, considerada uma das mulheres mais bonitas da história do cinema. Mas este prémio foi certamente um sinal da sua capacidade de recriar personagens e sair do usual registo. E beleza e graciosidade Kidman parece ter em dose suficiente para desempenhar este papel.

O desaparecimento de Kelly acontece devido a um terrível acidente de carro em 1982. O seu funeral é transmitido para todo o mundo ver, sabe-se que cerca de 30 milhões assistiram a esta trágica despedida.