O realizador de Top Gun – Ases Indomáveis morreu ontem, ao saltar de uma ponte em San Pedro, na Califórnia. Uma nota de suicídio foi encontrada no seu escritório. 

Segundo a polícia de Los Angeles, o cineasta britânico passou uma vedação no lado sul da ponte Vincent Thomas e atirou-se para o rio, às 12:30h locais de domingo, 19 de agosto.O cadáver foi retirado das águas pouco antes das 15:00h locais (22h em Lisboa). Uma testemunha afirmou que ele não hesitou antes de saltar.

A polícia encontrou ainda uma lista de contatos no seu Toyota Prius, estacionado perto da ponte, e uma nota de suicídio no seu escritório.

Tony Scott, irmão do realizador Ridley Scott, nasceu em North Shields, Inglaterra, a 21 de junho de 1944 e licenciou-se em Belas Artes no Royal College of Arts. O sucesso do seu irmão inspirou-o a seguir uma carreira na sétima arte e ficou conhecido por ter realizado Top Gun – Ases Indomáveis, um dos maiores e mais emblemáticos sucessos cinematográficos da década de 80. Para além do icónico blockbuster, assinou filmes como O Caça-Polícias 2, Amor à Queima Roupa e Homem em Fúria. O seu último filme foi Imparável, que estreou em 2010.

Entre os projetos que planeava realizar estavam o filme de motas Hell’s Angels, o drama de ação Lucky Strike e a muito aguardada sequela de Top Gun, com a participação de Tom Cruise.