O filme sobre o pequeno veado que perde a mãe foi a quinta longa metragem produzida pela Walt Disney e saiu dia 13 de agosto de 1942, exatamente há 70 anos.

Considerado por muitos um dos mais dramáticos filmes de animação da Disney, Bambi conta a história do veado que se vê afastado da sua progenitora, que acaba por ser morta a tiro por um caçador. Depois desse triste episódio o filme conta como o adorado animal conhece os seus amigos e constrói a sua família. Há 70 anos as crianças puderam assistir ao filme no Radio City Music Hall em Nova Iorque.

O filme é baseado no livro de Felix Salten datado de 1923 e gerou polémica devido à temática tão violenta em termos psicológicos para as crianças, já que foi a primeira vez que a Disney concordava em matar um personagem do “lado dos bons”. Até este momento só “os maus da fita” morriam. Em resposta às críticas levantadas na altura, Walt Disney respondeu: “Não me parece que tenhamos de aligeirar os factos para as crianças, tanto na vida real como nos filmes”.

A prática da caça é vista como algo de errado, se olharmos pela perspetiva de Bambi. Até Paul McCartney disse em entrevista que se tornou defensor dos animais e contra a caça depois de ter visto a longa metragem: “Com este filme percebi que caçar é errado”, revelou.

Bambi foi nomeado para três Óscares em 1943. Em 1947 volta às salas de cinema, uma vez terminada a II Guerra Mundial. É um dos filmes com maior bilheteira de sempre.

Foi feita em 2006 uma sequência, Bambi II, que conta a história de Bambi ao lado do pai, na floresta. Segundo pesquisas recentes é um dos filmes que mais fez os espectadores chorar.