Kristen Stewart, protagonista da saga Crepúsculo, traiu o seu namorado de há três anos, Robert Pattinson, com um realizador casado. Kristen e Rupert Sanders, o realizador, já vieram pedir desculpas publicamente.

A atriz admitiu a traição, após a revista US Weekly ter revelado fotografias comprometedoras e noticiado o envolvimento amoroso dela com o realizador do filme Branca de Neve e o Caçador, do qual é protagonista. O cineasta é casado, com a modelo Liberty Ross, de 33 anos, que fez o papel de mãe de Stewart no filme. Deste casamento, Rupert Sanders tem dois filhos, de cinco e sete anos de idade.

A jovem fez um pedido de desculpas público a Pattinson, onde admite publicamente o que sente pelo galã: «Peço imensa desculpa por todo o constrangimento e dor que causei às pessoas que me são próximas e a todos os afetados por esta história. Este momento imprudente comprometeu o que de mais importante tenho na vida, uma pessoa que amo e respeito muito – Rob. Eu amo-o, eu amo-o, sinto muito». A reação do ator ainda não foi conhecida, embora o Radar Online adiante que se encontra chocado e devastado com a novidade. Rupert Sanders já veio lamentar o sucedido, num comunicado enviado à agência Reuters, no qual diz esperar que a sua família seja capaz de o perdoar.

Segundo o Jornal de Notícias, que cita a revista Elle, a atriz admitiu, há poucos meses, querer que “algo louco” lhe acontecesse: «Podes aprender muito a partir de coisas más. Eu sinto-me aborrecida». Robert Pattinson, por outro lado, admitiu em entrevista que não entendia pessoa que traíam e fez perceber que gostaria de casar com a Bella de Crepúsculo.

O casal ficou conhecido pelos filmes da saga, onde interpretaram o par Bella e Edward. A promoção do último da filme da saga ainda irá acontecer, e este caso poderá afetar o lançamento de Amanhecer 2. Nas redes sociais há quem especule que este caso poderá ser uma mera manobra de marketing.