O lançamento do canal Bola TV custará ao grupo Viera, ao qual pertence o jornal A Bola, uma quantia de três milhões de euros. Para além de serem revelados os custos, a apresentação do canal, que estará disponível a partir de setembro, contou também com o anúncio de uma parceria com o MEO, que ficará responsável pela difusão exclusiva do canal.

A partir de setembro, um novo canal desportivo estará disponível para os clientes MEO, dando assim continuidade a um projeto online do jornal A Bola iniciado há quase meio ano. Apesar da grelha de programação ainda não estar totalmente definida, Vitor Serpa, diretor do periódico, anunciou que haverá cerca de “quatro ou cinco programas” produzidos em conjunto com a RTP, com “conteúdos dedicados a todas as modalidades desportivas” e que serão difundidos não só em Portugal, mas também para o estrangeiro, através da RTP Internacional e RTP África.

Quanto aos custos envolvidos, Mário Arga e Lima, presidente da Viera, assegurou que o lançamento do canal deverá custar ao grupo “mais de três milhões de euros”, um investimento que partirá de “capitais próprios”. Arga e Lima anunciou, ainda relativamente a custos, que o orçamento anual do canal deverá ficar “abaixo dos orçamentos da SIC Notícias”.