OLYMPUS DIGITAL CAMERA

‘Top Chef’ chega à RTP em agosto

É em pleno mês de agosto, em que o calor promete apertar, que a RTP1 estreia o seu novo concurso de culinária, Top Chef. Dia 18 de agosto foi o dia escolhido para o regresso do melhor da cozinha portuguesa à antena do canal público. O programa foi esta tarde apresentado à imprensa na presença de alguns dos seus principais intervenientes.

Top Chef é um formato diferente, porque os nossos concorrentes são todos eles profissionais. Uns têm restaurantes próprios, outros são subchefes, outros são detentores de estrelas Michelin. São concorrentes de todo o país” referiu Piet Hein Baker, representante da CBV Produções Televisivas.

São 16 os concorrentes e em cada programa têm de enfrentar três tipos de provas: a Prova de Fogo, em que cada concorrente tenta lutar pela imunidade, a Prova de Chefs, onde em equipas ou individualmente, os candidatos procuram salvar a sua presença no concurso e, por fim, a Prova da Eliminação, em que a partir daqui o júri decide qual o candidato a ter de sair do programa.

O tempo é também outro ingrediente fundamental nesta competição. Para cada desafio, os concorrentes são sujeitos ao cronómetro do relógio.

O júri é constituído por três chefs: Susana Felicidade, chef e co-proprietária de três restaurantes, em Lisboa; Chef Cordeiro, chef executivo do Altis Belém e detentor de  duas estrelas Michelin; e Ricardo Costa, chef executivo do  Hotel The Yeatman e também acumulador de estrelas Michelin. A juntar a estes três nomes, junta-se também o Chef Nuno Diniz, que desempenha a função de conselheiro. É o chef que acompanha os concorrentes no momento da confecção das iguarias.

Sílvia Alberto foi a escolhida para apresentar o concurso. Para Hugo Andrade “a Sílvia tem uma experiência grande a trabalhar em projetos que envolvem competição, concorrentes e emoções, além disso tem antecedentes, projetos de gastronomia de outros géneros que comprovam isso. Este projeto é a cara da Sílvia, a Sílvia é a cara deste projeto”. No mesmo sentido, Sílvia contou aos jornalistas o seu gosto pelas gastronomia: “Quanto a mim já sabem que sou uma acérrima defensora de gastronomia e da divulgação da culinária de Portugal”.

Em relação ao prémio final, esse ainda está em segredo, ou melhor, a ser trabalhado, de acordo com Piet Hein Baker.

Mais Artigos
O Incrível Homem Bomba
Entrevista. O Incrível Homem Bomba: “Temos de chegar a toda a gente para crescermos como banda e como pessoas”