Os últimos 6 meses de vida de Janis serão contados em Joplin, filme que será dirigido, com um orçamento de 20 milhões de dólares, por Sean Durkin, realizador de Martha Marcy May Marlene.

A fita tem vindo a ser esboçada há mais de uma década. Entre os inúmeros nomes de candidatas ao papel de Janis que entretanto foram discutidos encontram-se Zooey Deschanel e Pink. Contudo, a responsabilidade de vestir a pele da rebelde cantora dos anos 60 caberá a Nina Arianda, recentemente galardoada com o Tony de melhor atriz pela peça Venus in Furs, que abandonou os palcos da Broadway no mês passado.

Apesar de a história se centrar unicamente na vida da rainha do soul durante o ano de 1970, passando certamente pela formação da back-up Full Tilt Boogie Band, pela subjugação de Janis à heroína e pela sua consequente e precoce morte, aos 27 anos, serão também inseridos flashbacks do início da sua carreira.

Até à data já foram desembolsados 5 milhões de dólares para garantir a salvaguarda dos direitos de autor das 21 músicas que serão interpretadas por Arianda em Joplin.

Após 12 anos, o projecto irá finalmente materializar-se: a fita começará a ser rodada em janeiro, segundo o produtor Peter Newman, sendo a estreia apontada ainda para o próximo ano.