São 5 para a meia-noite mas sem meias medidas. Os quase 600.ooo “gostos” na página oficial do Facebook já o pressagiavam. A Associação para a Promoção do Multimédia e da Sociedade Digital veio apenas corroborá-lo publicamente: o programa da RTP, 5 Para a Meia-noite, foi oficialmente galardoado. O projeto humorístico arrojado e talentoso adiciona agora ao seu palmarés o Prémio Nacional Multimédia, na categoria Entretenimento.

O Prémio Nacional Multimédia tem por objetivo destacar e reconhecer o valor da produção multimédia nacional e premiar o talento, a ousadia, a criatividade e a perspetiva empresarial dos profissionais deste setor“, destaca o site oficial, premiomultimedia.com.

Esta é já a sétima edição do prémio cuja atribuição é bastante criteriosa. Privilegia-se acima de tudo o incentivo à criação descentralizada, com o intuito de promover os mais variados suportes média. O recurso à tecnologia, direta ou indiretamente, e a inovação na interatividade entre som e imagem são outros vetores que pesam na escolha do vencedor.

Esta distinção premeia assim os seis anos de existência do programa cuja equipa é atualmente constituída por Luís Filipe Borges, José Pedro Vasconcelos, Nuno Markl, Pedro Fernandes e Nilton, sem menosprezar a originalidade do formato encetado pela RTP, a qual, em parceria com a produtora Videomedia, é responsável por toda interatividade envolvida.

O 5 Para a Meia-noite foi programa pioneiro (em Portugal) a atingir meio milhão de seguidores no Facebook, tendo os seus vídeos divulgados no Youtube já ultrapassado os dez milhões de visualizações.

A Renascença Online, na categoria Média e Comunicação e o XCoolCards, na categoria Educação e Cidadania, foram alguns dos condecorados numa cerimónia que contemplou ainda outras categorias como Arte e Cultura, Sites e Aplicações, Aplicações Mobile e o prémio Sony Escolas HD.