A noite de hoje vai encher a Avenida de Berna, em Lisboa, de jazz. David Murray dará um concerto, acompanhado por José Dias Quarteto e Mo Francesco Quintetto, das 20 às 24 horas. O evento, designado por Serões da NOVA, está enquadrado nas comemorações do Dia da Independência dos Estados Unidos da América – o famoso 4 de julho.

Ao programa musical, que tem entrada livre, junta-se ainda um Light Dinner of American Taste, que dará gosto a uma noite que se promete amena e cheia de surpresas musicais. Para assistir ao espectáculo de David Murray, é só procurar pelo número 26 da Avenida de Berna e pela bem escondida esplanada da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL).

http://www.youtube.com/watch?v=MhxNvS-Bxm8

Nos últimos 35 anos, Murray celebrizou-se como um dos nomes maiores do jazz, tendo gravado mais de 150 álbuns. A sua obra musical é definida pelo Wall Street Journal como algo que parece «vindo de um episódio da Twilight Zone, onde todas as épocas e todas as culturas do mundo coexistem no mesmo espaço e ao mesmo tempo». Os Serões da NOVA têm organização de São José Corte Real, etnomusicóloga doutorada pela Columbia University e investigadora do Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md) da FCSH-UNL.