Nos próximos dias 5, 6 e 7 de julho decorrerá, no Funchal, o 13º Funchal Jazz Festival, um dos pontos altos da agenda cultural madeirense, que contará com a presença de artistas nacionais e internacionais.

O início do festival deste ano será marcado pela homenagem da Câmara Municipal do Funchal a Sérgio Borges, um dos elementos do Conjunto João Paulo, uma banda que marcou profundamente a música dos anos 60, que faleceu em dezembro do ano passado. Nessa noite, o palco contará ainda com a presença de um dos pianistas mais conceituados da atualidade, Michel Camilo. Para além de pianista, o também compositor é normalmente o solista de grandes orquestras e bandas, sendo que é visível a presença de ritmos caribenhos. A sua presença será como integrante do Mano a Mano Trio.

No dia 6 a viagem pelo jazz continua com ritmos que chegam da Catalunha, com a banda Colina Miralta Sambeat, CMS Trio, com Chicuelo. Considerada uma das bandas mais inovadoras de jazz dos nuestros hermanos, trazem ao Parque Santa Catarina um misto de sons clássicos e originais que contribuem para uma identidade muito própria da banda. Ainda neste segundo dia atua Jean Luc Ponty, aquele que é considerado o melhor violinista europeu de jazz.

Para terminar o evento está reservada a atuação de uma banda portuguesa. O trio Manuel Beleza Terceto propõe à Madeira um ritmo vivo, sendo o resultado o mixar de sons únicos, resultantes da parceria entre Manuel Beleza, Mário Santos e Mário Barreiros. Também neste palco passará o talentoso músico Kenny Garrett. Será «a cereja no topo do bolo», com «um artista que não deixará de recorrer a sons tradicionais para nos presentear com um som característico e inovador».

Este evento também terá também uma feira do Jazz e no terraço panorâmico do hotel no centro da cidade, The Wine, haverá uma sessão after-party onde se poderá ouvir jam sessions por parte de vários artistas locais.

Os bilhetes custam 15 euros para cada dia e poderão ser adquiridos na bilheteira do Teatro Baltazar Dias.