O Prémio LeYa 2010, que distinguiu a obra O teu rosto será o último de João Ricardo Pedro, é entregue hoje na Biblioteca Municipal do Palácio das Galveias, em Lisboa numa cerimónia presidida pelo primeiro-ministro Passos Coelho.

O prémio, com o valor de 100 mil euros, foi escolhido pelo júri presidido pelo escritor Manuel Alegre. A cerimónia está agendada para as 18 horas e 30 e para além de contar com a presença de Alegre, também o Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, o presidente do grupo LeYa, Miguel Pais do Amaral, o administrador-delegado Isaías Gomes Teixeira e o presidente da Câmara de Lisboa António Costa vão estar presentes na cerimónia.

O júri salientou a “composição delicada de histórias autónomas, que se traçam em fios secretos” e considerou que o romance é “apoiado em imagens fortes, constrói um perturbador painel do presente português”, de acordo com informações da Lusa. Os elementos do júri sublinharam também o “referencial erudito” e o “poder de imaginação” do romance.

O Prémio LeYa foi criado em 2008 e visa distinguir um romance inédito escrito em português. O teu rosto será o último (na fotografia em baixo) foi publicado em março.