Num processo pleno de críticas, a implantação total da Televisão Digital Terrestre acontece esta quinta-feira, com a última fase de desligamento da televisão analógica, inicialmente prevista para janeiro.

Os últimos quinze emissores analógicos ainda em funcionamento serão desativados esta semana, bem como centenas de retransmissores espalhados pelo país, completando a última etapa do switch-off, iniciado a 12 de janeiro deste ano no litoral de Portugal Continental e a 22 de março nas ilhas.

A primeira vez que se tentou implementar a TDT em Portugal, há mais de dez anos atrás, o projeto falhou, só alcançando em 2012 a sua concretização, acompanhada por enorme contestação das populações, produtores de conteúdos e vários especialistas da área, pelas falhas na cobertura, elevados custos para os telespectadores e reduzido número de canais disponibilizados. Para além dos quatro generalistas, apenas será disponibilizada a ARtv.