Os portugueses demonstram mais confiança nos jornais e nas revistas do que nos motores de busca online, de acordo com o  Edelman Trust Barometer 2012. Os meios de informação da nova era perderam a liderança que detinham há um ano no mesmo inquérito anual de confiança. A informação é avançada pela Agência Lusa.

Blogues e redes sociais surgem como os meios que recebem menos confiança, enquanto os jornais e revistas estão à frente do top português. A sexta posição é ocupada pelos motores de busca na Internet, como o Google, que em 2011 eram os que recebiam mais confiança, atrás ainda da rádio, da televisão e de formas de comunicação corporativa (comunicados, relatórios, e-mails).

Portugal regista ainda um aumento da confiança nos meios de comunicação, neste último ano, de 12 pontos percentuais, para 51 por cento dos inquiridos. É um dos países com maior aumento nesta categoria.

O Edelman Trust Barometer inquiriu mil pessoas em Portugal, pertencentes ao público em geral, e 200 respondentes pertencentes ao público dito informado, entre 10 de outubro e 30 de novembro de 2011.