No último dia do 8 1/2 Festa do Cinema Italiano foram apresentados três filmes que encerraram a edição deste ano. Na Cinemateca foi exibido o filme Il Posto, do realizador Ermanno Olmi, integrado na secção Amarcord.

Já no Monumental, as duas longas-metragens escolhidas para terminar o festival foram Il Mio Domani, da realizadora Marina Spada e a sessão de encerramento, Terraferma, de Emanuele Crialese.

Terraferma vai estrear esta semana nas salas nacionais e, por conseguinte, não será realizada a sua análise neste artigo. A crítica individual do filme estará disponível brevemente, no dia da sua estreia oficial em Portugal.

IL MIO DOMANI 6/10

O título do filme Il Mio Domani foi retirado de um poema da poetisa italiana Antonia Pozzi e fala sobre as mudanças da vida. Tal como a maior parte dos filmes da realizadora Marina Spada, os nomes das suas longas-metragens remetem para obras literárias e este não foi exceção.

A realizadora desenvolve um trabalho brilhante, inspirado a nível temático e visual em Antonioni. Retrata a vida de Mónica, uma mulher de quarenta anos obcecada pelo trabalho e explora a sua crise de identidade, ao perder o seu ente querido.

Através da rotina de Mónica, constata-se o claro contraste entre a zona rural de Milão, devota à religiosidade e a zona urbana, que se alimenta da produtividade e do trabalho.

Os planos gerais e panorâmicas rápidas foram por vezes confusos para o público, que dificilmente conseguia seguir os pormenores da história. Em contrapartida, a interpretação magistral de Cláudia Gerini arrebatou o espectador, que se revê nas angústias e sonhos desta mulher à procura do seu lugar no mundo.

O 8 1/2 Festa do Cinema Italiano acaba este ano com grandes obras cinematográficas a virem diretamente de Itália para o público português. Destaque para os dois filmes premiados desta quinta edição: Là-Bas de Guido Lombardi, vencedor do júri e Scialla de Fracesco Bruni, eleito pelo público. Estima-se que estiveram presentes nesta edição mais de 10.000 espectadores, que assistiram aos vários filmes da programação. Face a este sucesso, para o ano a Festa do Cinema Italiano promete regressar com mais novidades e obras para divulgar.