Há uma nova revista masculina no mercado português. A Vicius já está nas bancas e tem como target o público “mais jovem“. 

Esta publicação, que se assume como um projeto de “entretenimento generalista“, é da responsabilidade da Critério Original, uma empresa de Torres Vedras que aposta numa revista com “caráter de literatura leve” e que aborda temáticas variadas. Eduardo Lago, diretor da Vicius, esclarece, em declarações ao Meios e Publicidade, que a revista não tem “uma índole pornográfica ou erótica“, não sendo sua pretensão “algo demasiado exposto“.

O investimento para realização do projeto foi de 125 mil euros, contando a publicação com uma equipa de 17 profissionais. O preço de capa desta revista quinzenal é de 1,90 euros, e a primeira edição contará com 64 páginas. Um número que irá aumentar, até à terceira, para 102. A explicação é simples, o departamento comercial só “começou a trabalhar há quatro dias“.

Com o regresso da Maxim e a promessa de uma nova Playboy Portugal, o mercado publicitário para o setor fragmenta-se mais, mas a Vicius não pretende “concorrer com esses títulos“, confiando que, à sétima edição, atingirá o breakeven e recuperará o investimento realizado.