A exposição realiza-se hoje, 31 de março, e o evento cultural decorre de 6 em 6 semanas em vários pontos da cidade.

O objetivo é colocar o centro histórico de Viana do Castelo nos melhores roteiros culturais do país. Por isso mesmo, a cultura contemporânea acomoda-se em sete espaços espalhados pela cidade que recebem vários artistas de diversas áreas: performance, pintura, vitrinismo, ilustração entre outros. Dínamo 10, Piece of Resistance, Objetos Misturados, A Benda, Oficina Cultural do Instituto Politécnico de Viana (IPVC), Associação de Intervenção Cultural e Artística (AISCA), Um ao Cubo e Viana Welcome Center são, então, os locais onde esta 9ª edição irá decorrer.

Segundo João Gigante, responsável pelas Artes Plásticas da AISCA, declarou ao P3 que este evento pretende destacar a importância de “uma democracia cultural e uma estrutura para dar algo mais a um público um pouco desprotegido de cultura”.

Para Joana Carvalho, uma das criadoras do Dínamo 10, a adesão tem sido “crescente” e comenta que a linha artística deste espaço pretende fugir ao convencional: “Por um lado, potenciamos o trabalho dos nossos coworkers e pessoas que estejam de alguma forma relacionadas com o Dínamo. Além disso, fazemos workshops em que utilizamos o nosso pátio e tiramos proveito das características do espaço”.

O “Inauguro” ocupa a baixa de Viana do Castelo durante a tarde de hoje a partir das 16 horas.