O escritor italiano António Tabucchi faleceu este domingo, em Lisboa, aos 68 anos, na sequência de uma doença prolongada. Era considerado um dos escritores contemporâneos mais importantes de Itália e uma referência literária na Europa.

Tabucchi não resistiu ao cancro e acabou por falecer hoje no Hospital da Cruz Vermelha, na capital portuguesa. A ligação a Portugal teve início quando tinha 22 anos e desde aí interessou-se por Fernando Pessoa, estudou português e chegou mesmo a escrever um livro exclusivamente em língua portuguesa, tornando-se especialista no poeta português. Atualmente era, para além de escritor, professor de Língua e Literatura Portuguesas na Universidade de Siena.

Entre os seus livros mais conhecidos contam-se, entre muitos outros, Afirma Pereira (1993), Notturno Indiano (1984) e Os Três Últimos Dias de Fernando Pessoa. Um último livro de Tabucchi será publicado pela editora Dom Quixote no próximo mês, sob o nome O Tempo Envelhece Depressa.

O funeral decorre na próxima quinta-feira, dia 29 de março, em Lisboa.