Estreia em abril a nova novela da TVI, Louco Amor, que marca o regresso das produções escritas por Tozé Martinho. O realizador da trama, António Correia, adianta que esta “é uma novela densa, com triângulos apelativos e intrigas complexas“. Fernanda Serrano, Luís Esparteiro e Nicolau Breyner compõem o trio de protagonistas, que viverá um triângulo amoroso. O Espalha-Factos apresenta-te imagens das gravações e as histórias da trama.

A história de Louco Amor vai decorrer entre Lisboa e Castelo de Vide, no Alto Alentejo. “O cenário privilegiado é o campo, onde se desenrola grande parte do enredo e onde vive um dos núcleos da novela“, desvenda Tozé Martinho, que também marca presença na trama, como diretor da prisão onde esteve Carlos (personagem de Nicolau Breyner). “Estou muito satisfeito. É uma vila lindíssima e é importante para uma novela escolher bem os argumentos, mas também onde as coisas se passam e esta escolha foi feliz“, disse o argumentista e ator durante as gravações.

Nesta região, alguns locais como a rua da Judiaria ou a rua da Fonte são exemplos da tradição milenar judaica, que estará presente na história. “É uma novela que prova que o formato não está gasto quando o casamento da escrita com a representação funciona. Na minha opinião, tem os ingredientes para cativar o público“, revela António Correia, diretor de projeto e realizador.

Fernanda Serrano é uma das protagonistas da trama, neste que é o seu regresso à televisão, depois de ter interpretado a vilã Júlia na novela Sedução. A gravar desde janeiro, a atriz mostra-se bastante empolgada com o novo projeto. Em Louco Amor será Violeta, a dona de um bar, o Broadway, no qual trabalham prostitutas de luxo.

Um dos fatores que faz desta personagem um desafio interessante para atriz é a sua dupla faceta. É que, apesar de ser gerente de um bar deste género, Violeta não é uma mulher com um mau caráter: “A Violeta é uma mulher muito humana que foi acompanhante de luxo. Algo acontecerá na ação que vai desenterrar todos os problemas do passado que ela já tinha esquecido e com os quais não vai saber lidar“, contou Fernanda Serrano ao Correio da Manhã.

Isto porque, há 18 anos, Carlos (Nicolau Breyner), o seu grande amor, foi preso por um crime que não cometeu e a empresária viu-se obrigada a abrir este negócio para sobreviver. Quase duas décadas depois, os dois apaixonados voltam a encontrar-se e o amor que os uniu no passado volta a surgir. Contudo, este regresso não será pacífico, uma vez que, quando Carlos regressar, Violeta estará envolvida com Rafael (Luís Esparteiro), um homem casado com Graça (Helena Isabel) e com quem mantém uma relação secreta. As coisas complicam-se ainda mais quando Violeta descobre que Rafael é irmão de Carlos e que foi ele que forjou as provas do crime que levaram Carlos à prisão, sendo assim responsável pela separação doe Carlos e Violeta, 18 anos antes.

Para além do triângulo amoroso principal, também Margarida (Mafalda Luís de Castro) e Patrícia (Sara Prata) estarão apaixonadas pelo mesmo homem, Duarte (José Carlos Pereira), o filho de Rafael e Graça. Duarte namora com Patrícia mas vai deixar-se encantar por Margarida, uma miúda simples que saiu da sua aldeia para ir estudar em Lisboa. Quando descobrir o romance, Patrícia, uma rapariga fútil, não vai olhar a meios para afastar a rival.

Já as personagens Gi (Sofia Grillo) e Berta (Bárbara Norton de Matos) são duas das mulheres que trabalham no Broadway, o bar de Violeta. “Está a ser um papel muito desafiante, muito giro. E o elenco é fabuloso“, contou Bárbara Norton de Matos, que surge morena e de cabelo comprido. Quem também regressa, depois de cinco anos longe dos pequenos ecrãs, é Patrícia Candoso. A sua última participação na ficção foi na novela Mundo Meu. Na nova novela, Patrícia será Bia, personagem que estará ligada à música, uma das razões que levou a atriz a aceitar este projeto.

Isabel Medina é outra das caras que está de volta às novelas, depois de alguns anos dedicada à direção de atores. No papel de Custódia, governanta da personagem interpretada por Simone de Oliveira, a atriz será uma das vilãs de Louco Amor. “Tenho intervalado a representação com a direção de atores, atividade de que gosto muito. E este trabalho vai ao encontro dos meus desejos de há muito tempo, que era ser vilã“, revela Isabel Medina.

Ruy de Carvalho e Simone de Oliveira são dois veteranos que integram o elenco. Aos 84 anos, o ator será Óscar, que tem um neto e é dono de um café. Louco Amor conta ainda com José Raposo, Martinho Silva, Rita Salema, Liliana Santos, Afonso Pimentel, Melânia Gomes, Maria José Pascoal, David Carreira e Mafalda Pinto, entre outros.

Mais imagens das gravações da novela:

Fotos: TV Mais e Lux