principes do nada

‘Príncipes do Nada’ de volta à RTP

A terceira série de Príncipes do Nada chega à RTP1 no próximo dia 26 de março, mais uma vez conduzida por Catarina Furtado. Sete anos depois da estreia, a série traz de volta um relato pessoal de histórias humanas, olhando também para o nosso país.

Moçambique, Haiti, Sudão do Sul e Índia são os países visitados pela equipa da RTP nesta terceira série, incluindo não só Catarina Furtado, embaixadora da Boa Vontade na ONU, mas também o realizador e produtor Ricardo Freitas e o repórter de imagem Hugo Gonçalves. Ao longo de treze programas, o trabalho de voluntários, organizações não-governamentais, religiosas e da própria ONU nos países em desenvolvimento é retratado na primeira pessoa, mostrando a realidade destas sociedades.

A nova série foca-se também no papel destes organismos no combate às desigualdades sociais em Portugal, tal como tinha acontecido na primeira série. Os Médicos do Mundo e o seu apoio aos idosos no Porto, o Centro Português para os Refugiados e as mulheres detidas na prisão de Tires, bem como os seus filhos, na Casa da Criança, são alguns exemplos do que se pode esperar desta faceta de Príncipes do Nada. Também a Corporação de Bombeiros Mistos do Seixal dá o mote para uma homenagem a todos os bombeiros voluntários ou profissionais.

O programa é visto pela RTP como o seu “contributo” para o combate à pobreza, à SIDA, à malária; para o acesso à educação e à água potável, entre outros grandes problemas da humanidade. Dia 26 regressa à antena, às 21 horas.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Mão de Midas
‘Mão de Midas’. Um mistério por resolver no novo sucesso espanhol da Netflix