festival_literario_da_madeira5393139a_400x225

2ª edição do Festival Literário da Madeira até domingo

Começou ontem, dia 15, e termina domingo. A segunda edição do Festival Literário da Madeira pretende homenagear Agustina Bessa-Luís, autora de A Corte do Norte, cuja história se desenrola na Pérola do Atlântico. O festival é uma iniciativa dos consultores editoriais Booktailors e da editora Nova Delphi e realiza-se no Teatro Municipal Baltazar Dias.

Francisco José Viegas, Valter Hugo Mãe, Afonso Cruz, Joel Neto, Jaime Rocha, Pedro Vieira, Eduardo Pitta, José Mário Silva, Patrícia Reis, Júlio Magalhães e Fernando Pinto do Amaral são alguns dos autores portugueses que marcarão presença no festival. Também figuras internacionais estarão entre os convidados: o chinês Yang Lian, membro do grupo de poetas que trabalha na revista literária Jintian, o norte-americano Barry Wallenstein, editor da American Book Review e professor de literatura e escrita criativa na Universidade de Nova Iorque, o poeta, investigador e músico italiano Francesco Benozzo, a ensaísta, ficcionista e poeta italiana Donatella Bisutti, o espanhol José Manuel Fajardo e a romancista cubana Karla Suárez.

Vários são os temas que estarão em discussão. Na sexta-feira, às 18 horas, estarão em debate as variações do verso de Fernando Pessoa “Éramos felizes e não sabíamos” e uma reflexão sobre o papel da troika nos nossos dias, por Patrícia Reis, Pedro Vieira, Rui Nepomuceno e Inês Pedrosa. Neste ponto, os autores irão analisar como é que a “atual conjuntura económica vai redefinir a criação literária em Portugal? Os cortes nas finanças dos portugueses conduzirão a uma maior literacia?”.

Sábado, às 10 horas, Afonso Cruz, Ana Margarida Falcão, Júlio Magalhães e Eduardo Pitta vão pensar se a crítica literária ainda influencia os leitores. Já Berry Wallenstein, Fernando Pinto do Amaral, Francesco Benozzo, João Carlos Abreu, Yang Lian e Jaime Rocha vão analisar a qualidade da poesia no país dos poetas. Na tarde de sábado, por volta das 15h30, em cima da mesa estará o tema “Éramos piegas e não sabíamos”, sob discussão de Joel Neto, Valter Hugo Mãe, Manuela Ribeiro e o ilustrador Paulo Sérgio BEJu. Juntos vão desvendar se a “lamechice” afeta a literatura.

Os escritores percorrão, ainda, algumas escolas da ilha e ainda a Universidade da Madeira. Paralelamente, decorrerá uma feira do livro. O programa completo do festival pode ser consultado aqui.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Histórias das Mulheres do Meu País RTP1
‘Mulheres do Meu País’. Minissérie de Raquel Freire estreia na RTP1 em Dia da Mulher