Extremamente Alto, Incrivelmente Perto foi a principal surpresa nas nomeações ao Óscar de Melhor Filme, e chega hoje às salas de cinema portuguesas. Mas haverá razão para tanto alarido? A minha resposta é sim. Definitivamente, sim.

Oskar (Thomas Horn) é uma criança peculiar. Inseguro e pouco sociável, ele é obcecado com temas que geralmente passam despercebidos às crianças da sua idade. Com o seu pai, contudo, ele sente a liberdade de se expressar sem constrangimentos, e juntos embarcam em verdadeiras expedições e aventuras, tudo em nome de grandes descobertas.

Quando o seu pai perde a vida nos atentados de 11 de setembro, o mundo de Oskar parece colapsar à sua frente… até ao dia em que encontra uma estranha chave, escondida no armário do seu pai. Acreditando poder ser aquele um último desafio do seu pai, Oskar tudo fará para descobrir o que abre afinal aquela peculiar chave dourada.

Mais do que qualquer outra coisa, este é um filme que nos fala sobre a necessidade constante do ser humano em encontrar respostas para tudo aquilo que sucede na sua vida. E, claro, a desilusão que todos nós sentimos quando compreendemos que existem coisas que simplesmente não têm explicação.

Extremamente Alto, Incrivelmente Perto é belo, não só na sua forma mas sobretudo no seu conteúdo. No final, ele deixa-nos com aquela maravilhosa sensação de que não acabámos apenas de obter duas horas de entretenimento fácil. Pelo contrário, o filme rapidamente nos transporta para perto de Oskar, como se também nós partíssemos numa demanda em busca de respostas. E, juntamente com ele, também nós nos emocionamos, também nós refletimos sobre a vida…e também nós acabamos por aprender algo.

Um filme maravilhoso, que apesar de nunca ter sido um sério candidato ao Óscar de Melhor Filme, mereceu unir-se à sua forte concorrência. Porque, no final, também ele é um dos melhores filmes de 2011.

9/10

Ficha Técnica:

Título original: Extremely Loud and Incredibly Close

Realizado por:  Stephen Daldry

Escrito por: Eric Roth, baseado no livro de Jonathan Safran Foer

Elenco: Tom Hanks, Sandra Bullock, John Goodman, Max von Sydow, Viola Davis, James Gandolfini

Género: Drama, Aventura, Mistério

Duração: 129 minutos