grito

Festival Grito Rock chega a Braga

O Festival Grito Rock chega hoje a Braga. Realizado há dez anos no Brasil, chega ao nosso país depois de já ter passado por 200 cidades em todo o mundo. O Grito Rock, «uma plataforma eficaz na circulação de artistas mundiais» vai ter a sua edição portuguesa no âmbito da Capital Europeia da Juventude

Gabriel Ruiz, organizador do evento, defende o festival como criador «de cenários diversos, incentivando a produção de arte independente local, através da música e de ideias específicas que estimulam, por exemplo, as artes visuais, o cineclubismo…». Trazer um «projeto musical brasileiro» para a Europa é importante por estabelecer contactos e «abrir caminho» para que outras cidades participem e conheçam a «lógica colaborativa» do Grito Rock, que este ano completa 10 anos de existência.

Braga dá o grito a 23, 24 e 25 de fevereiro. Hoje, amanhã e sábado.

Dia 23 (hoje), a partir das 21h30, acontece uma mostra de documentários no auditório da FNAC, no Braga Parque. Iniciar-se-à com o filme Bollywood Dream, de Beatriz Seigner. Esta narrativa envolve três atrizes brasileiras que vão tentar a sua sorte na indústria cinematográfica indiana. Quando inseridas na vibrante cultura de Bollywood, os seus sonhos mudam e adaptam-se aos contrastes entre oriente e ocidente, ancestral e novo, individualismo e coletividade.

Este filme será distribuído através do Compacto.Cine, o novo modelo de distribuição da DF5, uma distribuidora de filmes que disponibiliza gratuitamente o seu espólio para exibições online e downloads gratuitos. Este projeto de distribuição, que irá lançar longas e curtas metragens independentes de dois em dois meses tem a sua estreia durante o Grito Rock. Sabe tudo sobre isso no site oficial.

Amanhã, dia 24, a programação segue com um sarau em que todos os interessados poderão levar os seus trabalhos para expôr na Casa das Coimbras – Largo de Santa Cruz, 506. Este evento inteligará música e poesia, num ambiente intimista onde artistas e públicos poderão conviver proximamente, permitindo a manifestação artística livre e a fluidez das trocas culturais. É a partir das 21h30.

O encerramento deste festival dá-se no sábado, no Insólito Bar, a partir das 23 horas. As bandas Burning Man e Crápula, bem como os DJs Kulture Brothers e Rubens Martinez serão quem dará por terminada a primeira edição deste festival em terras da Europa.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Ellen Pompeo em Anatomia de Grey
Crítica. ‘Anatomia de Grey’: a pandemia na linha da frente