Inserido na programação da Capital Europeia da Cultura (CEC), o S. Mamede – Centro de Artes e Espectáculos de Guimarães (CAE) acolhe, de 19 a 26 deste mês, um ciclo de cinema de animação. O ciclo é apenas o primeiro de vários, a decorrer até ao final do ano no âmbito do guimanima’12.

O ciclo de Fevereiro, para além de dar a conhecer ao público vimaranense o que de melhor se faz neste género a nível europeu, tem a particularidade de prever vários workshops e masterclasses a cargo de consagrados realizadores nacionais e estrangeiros.

Do lado nacional lugar para duas mostras de trabalhos de animação, como exemplos do que de melhor se faz no país, a primeira ocorrida logo no dia 19 e a segunda a ter lugar já hoje, dia 23.

A Europa também está presente. O britânico Robert Morgan trouxe a Guimarães sete das suas curtas-metragens de cinema fantástico de animação. Ontem, dia 22, foi a vez do francês Olivier Catherin brindar o público presente no S. Mamede – CAE com uma selecção de uma dúzia de trabalhos de animação, que expõem o panorama francês contemporâneo deste género cinematográfico. Trabalhos como Geraldine, de Artur de Pins, Au Premier Dimanche d’Août, de Florence Miailhe, ou Ponpon, de Fabien Drouet, simbolizam a riqueza criativa e conceptual do cinema de animação, e conseguiram despertar a curiosidade e a aprovação da plateia.

O ciclo de cinema de animação completa-se com a participação da ANILUPA, uma associação que há mais de duas décadas se dedica à formação de crianças e jovens em contextos educativos, e que vem a este ciclo do guimanina’12 mostrar aquilo que de melhor os seus artistas de palmo e meio têm produzido ao longo destes anos.

De 19 a 26 de Fevereiro, no S. Memede – CAE, em Guimarães. A programação completa pode ser consultada aqui.