A ANACOM autorizou a introdução do canal na grelha da TDT. O canal da Assembleia da República estará a partir de agora disponível gratuitamente, a par da TVI, SIC, RTP1 e RTP2.

A ideia partiu da Presidente da AR, Assunção Esteves, com o objectivo de “existir uma maior proximidade dos políticos com os seus concidadãos“.

No lançamento do processo da TDT estavam previstos mais dois canais: num dos casos o processo está em tribunal; o outro canal, de alta definição, estaria a cargo da RTP, SIC e TVI, mas as empresas ainda não chegaram a acordo.

O ministro Miguel Relvas colocou, para já, de parte a inclusão de outros canais públicos na Televisão Digital Terrestre.