Ao contrário do que chegou a ser anunciado, a RTP1 não irá emitir uma segunda temporada do formato apresentado por Sílvia Alberto. Desentendimentos entre a produtora e a estação acabaram por levar ao cancelamento de uma nova série de Masterchef, que tinha estreia marcada para o início deste ano.

Segundo a revista TV Guia desta semana, a RTP e a produtora Shine não chegaram a acordo, uma vez que é a segunda que detém os direitos do programa. Para a criação de uma nova ‘fornada’ de episódios, a produtora exigia a continuação do trabalho com a Endemol. “A experiência correu muito bem e, portanto, não havia motivos para mudar. Queriam ser eles a produzir, agora, e nós não aceitámos”, contou uma fonte ligada à produtora. Por outro lado, a RTP não aceitou e queria assegurar a produção do formato, pondo de parte o trabalho da Endemol. Assim, a regressar algum dia, o programa terá de ser produzido pela Shine, produtora responsável também pelo sucesso de Peso Pesado na SIC.

https://i0.wp.com/www.masterchefportugal.org/wp-content/uploads/2011/07/estreia-de-masterchef-portugal.jpg?w=1200

Apesar de não regressar à televisão com este projeto, Sílvia Alberto vai regressar a 10 de Março à RTP1 para apresentar, ao lado de Pedro Granger, o 48º Festival RTP da Canção. Depois disso, e ainda no mesmo mês, a apresentadora irá conduzir um novo programa de música intitulado Não me Sai da Cabeça, um formato é originário da Noruega. O programa terá entre quatro e cinco episódios e contará com convidados como Xutos & Pontapés, GNR ou Rui Veloso, conciliando o entretenimento com o documentário e tendo em cena figuras conhecidas do mundo do espetáculo, desporto, política e moda.