Uma comédia que nunca chega bem a ganhar o seu impulso, O Idiota do Nosso Irmão nunca será um filme memorável, mas oferece uma viagem doce e desfrutável durante os seus 90 minutos.

Ned (Paul Rudd) não é exatamente um idiota. Simplesmente confia demasiado na bondade do ser humano. Após um período na prisão por venda de drogas, o jovem regressa ao mundo sem emprego, dinheiro ou até mesmo uma casa. Deste modo, ele vai procurar a ajuda das suas três irmãs, acabando por as levar à loucura uma por uma. E enquanto Ned é feliz com a vida, as suas irmãs nem por isso, depois de verem o irmão acabar com um casamento, uma oportunidade de trabalho, uma relação de amizade e uma parceria doméstica. Ele vê estes problemas como falhas de comunicação… as suas irmãs veem-no simplesmente como um idiota.

O Idiota do Nosso Irmão assenta numa premissa interessante, embora nunca seja mais do que ligeiramente divertido. Oscilando entre uma comédia tonta e um melodrama indie, o filme acaba por deter alguns momentos simpáticos e, em alguns momentos, até enternecedores. O elenco contribui em muito para a salvação do filme, principalmente as três irmãs de NedMiranda (Elizabeth Banks), Natalie (Zooey Deschanel), and Liz (Emily Mortimer). Com um humor muito próprio, as atrizes têm uma performance extraordinária, principalmente quando nos apercebemos das limitações da narrativa que tende a querer colocá-las como caricaturas, ao invés de pessoas reais.

Mas o maior trunfo do filme é mesmo Paul Rudd, que com o seu intenso carisma enriquece a personagem de Ned, sem nunca deixá-lo cair na banalidade. Um filme que apesar de não chegar nem perto de ser brilhante, oferece bons momentos de entretenimento.

6.5/10

Ficha Técnica

Título original: Our Idiot Brother
Realizado por: Jesse Peretz
Escrito por: Evgenia Peretz, David Schisgall
Elenco: Paul Rudd, Elizabeth Banks, Zooly Deschanel, Emily Mortimer, Steve Coogan, Hugh Dancy
Género: Comédia
Duração: 90 minutos