O Canal Q aumentou a sua audiência em cerca de 30% no inicio deste ano. O canal quer continuar a crescer apostando em novas caras e ideias.

Ainda este mês se juntarão novos trunfos das Produções Fictícias a Nuno Markl, Vasco Palmeirim ou Rui Unas. O canal do cabo inaugurou esta semana o início de uma nova grelha com uma perspetiva que pretende ajustar-se ao que é a vida atual e urbana.

A nova programação é feita por 50% de programas relacionados com a atualidade de que se destacam O Que Fica do Que Passa ou Inferno. Este último, um telejornal com uma visão satírica sobre a atualidade, que se adapta aos hábitos já adquiridos pelos espetadores, ao ser transmitido após os telejornais generalistas. O prime time no Canal Q começa meia hora mais tarde, às 22H30.

Nas mudanças que o Canal Q mostrará, permanece a opção por diferentes visões da realidade com objetivos traçados para tragets e segmentos da população alternativos e muito específicos.