Captura de ecrã - 2012-02-03, 21

O fenómeno Teló

Nossa, nossa, assim você me mata”. Não há quem não a saiba já de cor, quanto mais não seja por a ouvir inadvertidamente na rua ou na televisão. Ai se eu te Pego é um autêntico fenómeno viral e tem feito de Michel Teló um sucesso internacional. Aos 15 anos de carreira, conquista finalmente o mundo.

Nasceu no Paraná, é casado e conta já 31 anos de vida. Aos seis anos, Michel Teló cantou pela primeira vez a solo no coro da escola e aos dez teve o seu primeiro acordeão. Dois anos depois formava uma banda de música tradicional, e em 1997 entrou para o Grupo Tradição, uma banda sertaneja brasileira onde cantou durante onze anos. Foi o passo decisivo para uma vida na música, que culminou numa carreira a solo iniciada em 2009.

Balada Sertaneja catapultou-o para a fama, apesar de contar apenas com dois singles, Ei, Psiu! Beijo Me Liga e Amanhã Sei Lá. Este trabalho é que acabou por dar origem ao álbum Michel Teló – Ao Vivo (2010), sucesso de vendas no Brasil e certificado como disco de ouro. Teló surge em diversos programas televisivos brasileiros, dá voz ao genérico da novela Malhação, da Rede Globo, durante dois anos consecutivos, e é nomeado para o Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum de Música Sertaneja. Tinha já o Brasil na palma da mão, faltava o resto do mundo.

httpv://youtu.be/hcm55lU9knw

2011 foi o ano de ouro para o paranaense, que voltou a lançar um álbum ao vivo, com a sua já característica mistura de pop e música sertaneja. Deu mais de 240 concertos numa digressão vista por mais de 17 milhões de pessoas, em grande parte graças ao primeiro single de Michel – Na Balada, lançado meses antes.

Ai se eu te Pego tem toda uma história antes de Michel Teló. Criada em 2008 por Sharon Acioly e Antônio Dyggs, foi inicialmente interpretada por Os Meninos de Seu Zeh, com uma letra ligeiramente diferente da de Teló. É mais tarde adotada por um grupo de forró, Cangaia de Jegue, e atinge o sucesso regional com uma terceira versão, feita pelo grupo Garota Safada. No entanto, é com o cantor brasileiro que ganha visibilidade além fronteiras.

Estava-se no calor do verão e o sucesso de Ai se eu te Pego mais do que se confirmou: o single alcançou o Brasil Hot 100 Play, detém já o record de música brasileira mais visualizada no Youtube e chegou à Europa através do futebol, com o português Cristiano Ronaldo a interpretar a sua célebre coreografia após marcar um golo pelo Real Madrid. O fenómeno propagou-se rapidamente pelas ligas europeias e a dança que Teló apresenta no videoclip passou já pelo futebol da Alemanha, Polónia, Inglaterra, Grécia, Turquia, entre outros.

httpv://youtu.be/Vx7qi0VehIg

Mas o fenómeno não se fica pela viralidade da coreografia: são já inúmeras as versões amadoras (ou não) de Ai se eu te Pego a circular pela internet, desde o remix da cantora romena Inna a paródias com a letra. Há versões em todas as línguas – italiano, francês, japonês – e a versão inglesa foi já gravada pelo próprio Michel Teló, que a lançou como single e é já tão conhecida como a original brasileira – If I Catch You. Há ainda interpretações por Ivete Sangalo, Alvin e os Esquilos e pelo Pato Donald, bem como versões portuguesas, entre as quais se destacam a versão de Pedro Fernandes (http://youtu.be/_MYA-srgj-o) sobre a troika, a paródia da Gaia FM a imitar a voz de Pedro Abrunhosa e uma versão em fado, gravada no Porto.

O single atingiu a primeira posição em diversos países e Michel – Na Balada continua no top português, há seis semanas, nesta última em segundo lugar. O sertanejo esteve entre Portugal e Espanha no início do ano, a medir a dimensão do seu sucesso, participando em programas de televisão e rádio e aproveitando para promover os seus concertos no continente. Na tournée europeia, que tem início após o Carnaval, o músico vai passar pelo Campo Pequeno, em Lisboa, a 24 de fevereiro, e no dia seguinte pelo Pavilhão Multiusos em Guimarães. Passará ainda por Londres e pela Argentina neste início de 2012.

Fugidinha, Larga de Bobeira e Se Intrometeu são outros temas conhecidos do músico, mas nenhum supera este Ai se eu te Pego, que parece continuar a conquistar o mundo da música. Após a dança de Cristiano Ronaldo, “graças a Deus todo o mundo começou a curtir a canção”, afirma Michel Teló, e nos dias que correm não se fala noutra coisa. “Delícia”. Será por muito mais tempo, ou desaparecerá tão depressa quanto os habituais fenómenos virais na internet?

Mais Artigos
Capitã Marvel
Como gigantes como a Marvel afetam o entretenimento online