Numa semana em que a TVI não transmitiu futebol, seria de esperar alguma mudança nas audiências desta semana. A verdade é que nem a dupla transmissão de futebol da SIC e os bons resultados por estas obtidas ajudaram o canal de Carnaxide. A liderança de Queluz continua consolidada.

Esta semana, a SIC transmitiu dois encontros da Taça da Liga. Dois jogos de futebol, bem ao gosto do telespectador português. Ambos os programas foram líderes no dia da sua transmissão. O embate Sporting X Gil Vicente obteve 15,6% de audiência média e um share de 37,7%,  sendo o programa líder de sábado, dia 4 de fevereiro. Esta transmissão, aliada ao bom desempenho do Cabo (30,3% de share) ajudou a SIC a manter-se à frente da TVI, nesse dia. A estação do grupo Impresa obteve 23,8% de share, valor superior aos 23,4% de Queluz.

O confronto de domingo, entre SL Benfica X Marítimo, conseguiu um resultado superior, com um rating de 18,3% e um share de 42,8%, ganhando o título de programa líder da semana. O futebol da SIC deixou para trás os seus concorrentes directos, como o Jornal das 8 (TVI) e A Tua Cara Não Me é Estranha (TVI). O programa de entretenimento da TVI ficou em segundo lugar na tabela classificativa, com uma audiência média de 14.4%.

O bom resultado do jogo de domingo não foi, no entanto, suficiente para que a SIC liderasse o dia, ficando atrás da TVI. A estação de Queluz obteve 27,7% de share e ficou à frente da concorrência, até mesmo do conjunto de canais do Cabo (27,3%). A SIC ficou-se pelos 26,6%, muito afastada da RTP1, que obteve apenas 14,4% de share.


Ainda no passado domingo, é importante destacar o resultado pouco positivo obtido pelo canal do Estado. A gala
Portugal Aplaude, transmitida pela RTP1, ficou de fora do Top10 diário, com uma audiência média de 3,6%. Por outro lado, o programa de Marco Horácio, Ganha num Minuto (SIC), não conseguiu aproveitar o bom arranque da estação de Carnaxide no serão de Domingo e ficou-se com um share de 22,3%. Embora longe dos 45.0% do programa apresentado por Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha, este foi um resultado melhor do que o obtido na semana anterior.

No campo da ficção, os dados da última semana repetem-se. Doce Tentação (TVI) é a líder indiscutível. Na última semana, o seu rating médio foi de 12,98%. Segue-se Remédio Santo, outra novela da Plural para a TVI, com um rating médio de 10,38%. Já Rosa Fogo (SIC), com a qual Remédio Santo concorre directamente, obteve um rating médio de 8,08%.

A ficção diária da televisão portuguesa conta ainda com Anjo Meu (TVI) e Insensato Coração (SIC). Mais uma vez, a produção da TVI leva a melhor: uma média de 6,7% de audiência média durante esta semana, contra os 3,78% da produção da Globo. Os responsáveis pela ficção da Media Capital têm razões para estar contentes. Também a mais recente aposta de Queluz, os TVI Filmes, se encontram em ascensão. Depois de, na semana anterior, O Que as Mulheres Querem ter obtido um rating de 6,6%, esta semana, O Pacto, terceiro da série, obteve uma audiência média de 8,3%.

Quanto à informação, a rotina mantém-se. Durante a semana, a RTP1 lidera com o seu Telejornal, que obteve um rating médio de 12,4%. A luta permanece renhida entre Queluz e Carnaxide, com o Jornal das 8 (TVI) a levar a melhor, por dois pontos decimais. Durante o fim-de-semana, a informação da TVI foi a mais vista, facto para o qual não será alheio a antecipação dos noticiários de Carnaxide, devido à transmissão dos jogos da Taça da Liga. O informativo Hoje, da RTP2, obteve um rating médio de 1,2%.

Nesta rápida passagem pelas audiências da semana, tempo ainda para analisar a adesão do público aos talk-show matinais. Nas manhãs, é a dupla Goucha e Cristina que leva a melhor. Com um share médio de 35,28%, o talk-show da TVI fica à frente da Praça da Alegria. A aposta da RTP obtém um share médio de 23,38%, deixando Júlia Pinheiro no último lugar, com um share de 19,46%.

No resultado global desta semana, o pódio mantém-se, com ligeiras mudanças nos valores de share. O conjunto de canais do Cabo liderou, com um share médio de 27,5%, seguido da TVI. O canal do grupo Media Capital desceu sete décimas, ficando-se pelos 25,7% de share e mantendo a segunda posição. Descida muito ligeira para o canal de Carnaxide, cujo share médio atingiu os 22,8%. Os últimos lugares são ocupados pelos canais da RTP, com o primeiro canal a obter um share de 20,2%, o que representa uma descida de quase 2 pontos percentuais. A RTP2 ficou-se pelos 3,7% de share.

* Dados de Audiência apurados pelo Telereport da Marktest referentes à semana de 30 de janeiro a 5 de fevereiro de 2012.