A revista americana Cinemascope considerou o documentário do realizador português Gonçalo Tocha, É na Terra, Não é na Lua como um dos melhores filmes do ano de 2011.

Ocupando o oitavo lugar da lista, É na Terra, Não é na Lua retrata a vida na mais pequena ilha dos Açores, o Corvo. Os 180 minutos que constituem o documentário resultam de uma rodagem de quatro anos na ilha, criando aquilo que o realizador considera “uma espécie de um arquivo contemporâneo em movimento de uma microcomunidade fechada em si mesma”.

É na Terra, Não é na Lua foi vencedor da edição de 2011 do DocLisboa e já foi inclusive reconhecido no estrangeiro com uma menção honrosa no Festival de Locarno 2011 na Suíça.

Segundo a Cinescope, o melhor filme do ano foi Isto Não é um Filme de Jafar Panahi. Outros títulos como Apollonide – Memórias de um bordel de Bertrand Bonello ou A Árvore da Vida de Terrence Malick fazem ainda parte da lista.

Veja aqui o trailer de É na Terra, Não é na Lua.