Hoje, às 19 horas, estreia a série documental A Conversa dos Outros. Amanhã, segunda-feira, às 22h40, estreia a minissérie Românticos Desesperados.

A Conversa dos Outros é uma série documental que dá a conhecer os bairros históricos de Lisboa, bem como as suas pessoas, que lá habitam ou trabalham. Ouvem-se os residentes, acompanha-se o seu dia a dia, mostra-se como vivem em Lisboa, ou como melhorar a cidade. O programa é da autoria de Miguel Braga e produzido pela Buenos Aires Files, com realização de Gonçalo Roquete.

No primeiro programa o bairro escolhido é o de Alvalade. A visita guiada será orientada por dois jovens moradores, a Rita Godinho, uma empresária que utiliza diariamente o mercado do bairro, e João Gomes, programador e DJ, que depois de viver no estrangeiro sentiu saudades do seu país, da sua cidade e do seu bairro. Muitos outros rostos vão passar por este programa, como o Luís Aguiar, um marceneiro, Adriana Guedes, uma florista de 82 anos, ou Delfim Canotilho, gerente comercial da Drogaria Torres.

A minissérie de quatro episódios Românticos Desesperados é uma produção da BBC inspirada no livro de Franny Mole. Passada no século XIX, acompanha um grupo de jovens de Irmandade Pré-Rafaelita que vieram desafiar a sociedade artística da época. A história acompanha as suas vidas, os seus amores, e os seus espíritos inventivos. Estes jovens eram amados , pois eram vistos como os Rolling Stones da pintura, mas também eram odiados pelas regras da Academia Real. Na vida real eles eram sete, mas nesta minissérie serão apresentados apenas três, e mais uma personagem fictícia.

No primeiro episódio é apresentada a Irmandade: Dante Gabriel Rossetti (Aidan Turner), William Holman Hunt (Rafe Spall), John Everett Millais (Samuel Barnett) e Fred Walters (Sam Crane). Depois de terem sido rejeitados pela Academia Real, os Pré-Rafaelistas decidem organizar uma exposição, para a qual convidam o crítico de arte John Ruskin. A série é da autoria de Peter Bowker e Franny Moyle, com produção de Ben Evans e realização de Paul Gay e Diarmuid Lawrence.