ng1771087

Cinema português regressa a Berlim

O cinema nacional regressa este ano à competição do Festival de Berlim, a Berlinale, após 12 anos sem ter havido qualquer selecionado português para ingressar a referida mostra cinematográfica.

O feito cabe ao realizador Miguel Gomes e ao seu filme, ainda em fase de produção, Tabu. A película conta a história de Laura, uma recém-reformada dedicada a causas sociais e que tem uma especial preocupação pela sua temperamental vizinha octogenária. Outro dos pontos de interesse é uma história de amor e crime passada em África que a protagonista fica a conhecer.

Este novo trabalho do também realizador de Meu querido mês de agosto é uma coprodução entre Portugal, Brasil e França e conta com a participação de Teresa Madruga, Laura Soveral, Ana Moreira, Carloto Cotta, Isabel Cardoso, Ivo Müller e Manuel Mesquita.

O último filme português a integrar a Berlinale, que este ano tem lugar entre 9 e 29 de fevereiro na capital alemã, foi Glória de Manuela Viegas, em 1999.

A edição deste ano será inaugurada com a projeção do filme Les Adieux à la Reine, de Benoît Jacquot, contando ainda com a estreia de Angelina Jolie na realização, com a exibição de In the Land of Blood and Honey, bem como com a homenagem a Meryl Streep pela sua carreira.

Uma retrospetiva intitulada Fábrica de Sonhos Vermelha é outro dos pontos altos do festival, apresentando uma mostra dedicada aos estúdios de cinema germano-russos, conhecidos pelo mesmo nome, incluindo mais de 40 filmes, entre eles algumas produções mudas que serão acompanhadas com música ao vivo.

Mais Artigos
Justin Bieber
Justin Bieber anuncia lançamento do novo álbum ‘Justice’