Sábado foram anunciados os vencedores elegidos pela Academia Europeia de Cinema. O filme polémico de Lars Von Trier, Melancolia, ganhou o prémio de Melhor Filme Europeu do ano.

Melancolia chegou, concorreu e venceu. O filme apocalíptico conseguiu arrecadar três prémios, nomeadamente de melhor filme, cinematografia e design de produção.

Apesar das alegrias, o filme Melancolia tinha oito nomeações e só acabou por vencer três. Na categoria de melhor realização, o realizador dinamarquês não conseguiu sentir o sabor da vitória. O prémio foi atribuído à sua compatriota Susanne Bier, pelo filme In a Better WorldKristen Dunst e Charlotte Gainsbourg concorreram na categoria de Melhor Actriz pelo filme Melancolia, porém as possibilidades numéricas não foram favoráveis. As duas conhecidas actrizes foram vencidas pela interpretação de Tilda Swinton em We need to talk about Kevin.

Outro filme galardoado, igualmente, com três prémios foi O Discurso do Rei. O filme britânico já tinha ganho o Óscar de melhor filme na edição de 2011 e não poderia deixar de ser reconhecido pela Academia de Cinema Europeu. A prestação de Colin Firth valeu-lhe o prémio de melhor actor Europeu e a edição do filme foi também premiada. O Discurso do Rei conquistou os espectadores, sendo o favorito do público.

Na categoria de melhor argumento destacaram-se os irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne, também realizadores do filme Le gamin au vélo, que foi uma das antestreias escolhidas para o Lisbon & Estoril Film Festival 2011.

Já no cinema documental, Wim Wenders ganhou com a sua homenagem à lendária coreógrafa alemã Pina Bausch, num filme intitulado simplesmente Pina. O filme também exibido em 3D, apresentava as experiências artísticas de Pina, que se inspirava em improvisações e histórias de vida dos seus bailarinos.

Veja os vencedores de todas as categorias:

Melhor Filme Europeu
Melancholia, de Lars von Trier

Melhor Realizador Europeu
Susanne Bier por In a Better World

Melhor Actriz Europeia
Tilda Swinton em We Need to Talk About Kevin

Melhor Actor Europeu
Colin Firth em The King’s Speech

Melhor Argumentista Europeu
Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne por Le gamin au vèlo

Melhor Cinematógrafo Europeu
Manuel Alberto Claro por Melancholia

Melhor Editor Europeu
Tariq Anwar por The King’s Speech

Melhor Design de Produção Europeu
Jette Lehmann por Melancholia

Melhor Compositor Europeu
Ludovic Bource por The Artist

Prémio FIPRESCI
Oxygen, de Hans Van Nuffel

Melhor Documentário Europeu
Pina, de Wim Wenders

Melhor Filme de Animação Europeu
Chico & Rita, de Fernando Trueba, Javier Mariscal e Tono Errando

Melhor Curta-metragem Europeia
The Wholly Family, de Terry Gilliam

Melhor Desempenho em Cinema Mundial
Mads Mikkelsen

Prémio do Público
The King’s Speech

Prémio Co-Produção Europeia – EURIMAGES
Mariela Besuievsky

Prémio Honorário

Michel Piccoli

 

Prémio Carreira
Stephen Frears