Francisco Pinto Balsemão garantiu não pretender vender a sua parte no grupo Impresa, num encontro de quadros no Estoril, conta o CM deste domingo.

Vários participantes no encontro revelaram ao CM que Pinto Balsemão está para se manter por muito tempo no grupo, contrariando as informações que pairavam em relação ao futuro do canal de Carnaxide.

No encontro, Balsemão apresentou também os números relativos a 2011 das poupanças alcançadas com os cortes anunciados no mês de Julho.  Cerca de um milhão de euros foi quanto a empresa conseguiu poupar com o corte em 10% no salário do conselho de administração e da comissão executiva assim como de todos os funcionários que ganhassem mais de cinco mil euros. Através de rescisões voluntárias, a empresa conseguiu reduzir os custos em 500 mil euros.

O ano que segue continuará a sofrer planos de poupança com a renegociação e cancelamento de contratos de prestação de serviços.