amanhecer parte 1

‘Amanhecer’ provoca epilepsia

O novo filme da saga Twilight, Amanhecer Parte 1, pode mesmo fazer mal à saúde. Após várias queixas recebidas até a produtora do filme foi obrigada a comunicar às distribuidoras que existe uma “relação entre luzes intermitentes e epilepsia fotossensível“.

Em Portugal, um jovem de 23 anos sentiu-se mal e desmaiou durante o filme. A TVI24 reporta que Leandro Silva foi socorrido por um bombeiro e uma enfermeira que também assistiam ao filme e, já consciente, foi transportado pelo INEM para o hospital de Torres Novas, onde passou a noite internado para a realização de vários exames. Nos Estados Unidos aconteceu um caso semelhante a este.

No centro da polémica está a cena em que Bella dá à luz. A cena que mostra o nascimento da filha da protagonista e Edward Cullen, é caracterizada pelos espectadores como “impressionante e intensa“, tendo flashes rápidos de cor vermelha e branca que podem despertar reacções em pessoas com maior sensibilidade à luz ou historial de problemas de epilepsia.

A ZON Lusomundo, distribuidora em Portugal, reagiu em comunicado: «Os Cinemas ZON Lusomundo receberam a informação da produtora do filme A Saga Twilight Amanhecer Parte 1 de que alguns curtos segmentos do filme contêm sequências com luzes intermitentes, que poderão desencadear crises em pessoas que sofram de epilepsia fotossensível».

Mais Artigos
Phil Spector
Phil Spector. Morreu o produtor musical que se tornou um assassino