A fé não é inabalável. E, por vezes, o grande desafio passa por acreditar em nós próprios. Habemus Papam – Temos Papa conta-nos a história por detrás dos holofotes mágicos da religião católica, remetendo-nos a um homem que, apesar da posição que ocupa, nunca deixará de ser simplesmente humano.

Realizado por Nanni Moretti, Habemus Papam – Temos Papa remete-nos a um dos momentos mais emblemáticos da religião cristã, quando, após a perda de um Papa, o Colégio dos Cardeais se reúne para eleger o novo líder da Igreja Católica. Contudo, quando o novo Papa (Michel Piccoli) é finalmente aclamado, devendo subir à varanda da Praça de São Pedro para saudar os seus fiéis pela primeira vez, este sofre de um ataque de pânico. Incerto das suas capacidades enquanto futuro Pai da Igreja Católica, os seus conselheiros acabam por procurar a ajuda de um conhecido psicanalista ateu (interpretado pelo próprio realizador, Nanni Moretti).

Habemus Papam – Temos Papa não é um filme fácil de se gerir. Apesar da sua qualidade narrativa, Moretti parece preferir manter-se à superfície, sem nunca mergulhar verdadeiramente naquilo que poderia ser um grande filme. Embora à partida pudéssemos pensar encontrar em Habemus Papma – Temos Papa uma história semelhante a O Discurso do Rei, onde a relação entre um grande homem e o seu professor define o destino de milhares e providencia a ambos uma jornada emocional, nada disso acontece. O psicanalista acaba por ficar perdido no Vaticano, enquanto o Papa vagueia pelas ruas, o que origina uma perda daquele que deveria ser o âmago da narrativa.

Todavia, estes aspectos negativos não levam ao colapso do filme: marca apenas a diferença entre o bom e o muito bom. Moretti merece todo o respeito pela forma como constrói Habemus Papam – Temos Papa, fugindo ao alvo fácil que é o Vaticano actualmente perante os escândalos de abuso sexual e corrupção. Pelo contrário, Moretti procura um novo ângulo, enfatizando o outro lado do mundo religioso. Infelizmente, ficará sempre algo a faltar: Habemus Papam – Temos Papam é bom, mas poderia muito bem ter sido excelente.

6.5/10

Ficha Técnica

Título original: Habemus Papam

Realizado por:   Nanni Moretti

Escrito por: Nanni Moretti, Francesco Piccolo, Federica Pontremoli

Elenco: Jerzy Stuhr, Michel Piccoli, Nanni Moretti, Renato Scarpa

Género: Drama

Duração: 102 minutos