A lendária banda rock portuguesa, Xutos e Pontapés, veio, esta terça-feira, ao programa Café da Man da RFM com Zé Coimbra, Carla Rocha e Joana Gama.

Nem toda a banda esteve presente, apenas 60% dos seus membros, nomeadamente o fundador Zé Pedro, Kalu e João Cabeleira. Vieram ao Café da Manhã para promover o seu concerto no Campo Pequeno, que irá realizar-se no dia 10 de Dezembro, com o patrocinio da RFM. A banda vai subir ao palco sem convidados e o alinhamento do concerto não foi desvendado na entrevista, para manter os fãs expectantes.

Os locutores Zé Coimbra, Carla Rocha e Joana Gama colocaram algumas questões acerca do progresso da banda ao longo dos 32 anos de carreira. Certos segredos e peripécias foram reveladas numa conversa descontraida e animada.

Soube-se que nos anos 90 a banda teve a pior crise, que quase levou à sua ruptura, contudo a fé na instituição Xutos e Pontapés foi mais forte e fez persistir o grupo que conhecemos hoje. Num dos seus concertos, um fã confundiu Zé Pedro com Kalu e realizou duras criticas à forma como Zé Pedro tocava, sem saber que estava a falar com o próprio.

Mais reservado, João Cabeleira confessou que a banda tem fãs de todas as faixas etárias e relembrou que foi feito para este concerto um pack familiar cujos bilhetes estão a um preço mais acessivel, a 18 euros. Até os Xutos pensam na conjuntura económica, que afecta os portugueses.

Os bilhetes para o concerto dos Xutos e Pontapés já estão à venda e custam apenas 20 euros.