Na semana em que o serviço público está no rubro da sua discussão, as audiências não param e tornam-se surpreendentes. Veja a seguir os valores mais relevantes da semana que passou, assim como uma análise às audiências televisivas. Tudo vai ser clarificado aqui: quem desceu, quem subiu, quem manteve e até as médias semanais de alguns programas. 

Os diários da noite da segunda edição da Casa dos Segredos, que contam com a apresentação de Leonor Poeiras, continuam a liderar a lista dos mais vistos todos os dias, alcançando um share médio de 30%. O diário da noite, conduzido por Iva Domingues, não fica atrás e leva esta semana um share médio de 35.4%. A gala de domingo com Teresa Guilherme foi aos 14.6% de rating e 41.6% de share. Ainda na TVI, Remédio Santo continua a conquistar os portugueses ao ser a novela mais vista da televisão actualmente. Já os Morangos trazem algumas audiências azedas para o final da tarde, obtendo um share médio de 23.3% no episódio inédito, ficando atrás do seu forte oponente no inverno, o Preço Certo. No total, a estação de Queluz assegurou esta semana um share total médio de 25.5%, que lhe valeu o segundo lugar.

Querida Júlia começa a mostrar alguns valores positivos, com a entrada de Maya no horário anterior, o que leva o programa a rondar valores acima de 20% de share, que anteriormente eram uma miragem. Por outro lado, Perfeito Coração marca 19% de share médio, confirmando a má aposta da SIC em não continuar com as novelas brasileiras na hora do almoço, as quais atingiam valores na ordem dos 30%. No late-night é a vez da série Investigação Criminal: Los Angeles desiludir, descendo regularmente abaixo dos 20% de share, contrastando com a forte madrugada que o canal de Carnaxide costuma ter. No total, a SIC assegurou esta semana um share total médio de 20.1%, que lhe valeu o quarto lugar.

Na RTP2, o HOJE continua a ser um dos programas mais vistos do canal, mostrando a aprovação dos portugueses em ter um informativo em canal aberto noutro horário que não o das 20 horas. A média do programa esta semana foi de 1.7% de rating e 4.1% de share. Na terça-feira o programa Nativos Digitais chegou aos 0.7% de rating e 1.8% de share. Já o programa Com Ciência, emitido na quarta-feira, chegou aos 0.7% de rating e 2% de share. No sábado o programa Repórter África 7 Dias alcançou 24.2% de share. Já no domingo Henrique Sá Pessoa levou o seu Ingrediente Certo aos 2.6% de rating e 7.6% de share, ficando como o programa mais visto do canal nesse dia. No total, o canal 2 assegurou esta semana um share total médio de 3.9%, ficando em último lugar.

O canal público mostra valores fortíssimos nas novelas da tarde assim como no noticiário que as antecede. Ribeirão do Tempo e Direito de Nascer lideram o horário com uma média semanal de 34.6% e 31.8% de share, respectivamente, asseguradas por um lead-in de 34.7% de share médio do Jornal da Tarde. No prime time é O Elo Mais Fraco que vê os seus valores subirem, ultrapassando por vezes o diário de Peso Pesado 2, emitido na SIC. Na terça-feira, a RTP1 emitiu o jogo entre Portugal e a Bósnia que bateu valores raros, hoje em dia, alcançando 27.6% de rating e 58.9% de share. No total, a RTP1 assegurou esta semana um share total médio de 23.8%, que lhe valeu o terceiro lugar.

O Cabo continua imbatível juntando audiência para vencer os canais em emissão aberta. Nesta semana, o share total médio foi de 26.7%. Nos mais vistos destaca-se, como habitualmente, a SIC Notícias, o canal Hollywood, o Panda, o AXN e alguns canais FOX.

Os valores aqui apresentados correspondem à semana de 14 a 20 de Novembro. As médias englobam apenas os valores dos sete dias que compreendem este intervalo.